domingo, 20 de setembro de 2015

Vamos nos permitir

A menina que hoje é uma mulher sempre detestou pessoas que a tratassem com indiferença e a subestimasse, hoje ela ainda luta para que as pessoas reconheçam que elas também erram e, que ninguém é melhor e nem pior que ninguém apenas somos diferentes. É preciso reconhecer isso nas pessoas para tornar uma convivência social e tolerável, aceitando dessa forma as diferenças e as escolhas de cada um.


Dói quando a pessoa que a gente ama e a que mais deveria dar apoio prefere nos subestimar e deixar bem claro o seu desprezo pelos nossos sonhos, implicando com a intenção de nos ferir por dentro.

Eu como uma boa aquariana prezo muito pela liberdade e procuro sempre entender e se colocar no lugar do outro para evitar o julgamento. Abomino qualquer pessoa que tem pensamentos negativos e pensam tão pequenininho, preferindo cuidar da vida dos outros ao invés da sua própria vida. Por mais que seja um parente, às vezes precisamos ignorar e evitar comentar sobre a nossa vida para evitar brigas desnecessárias e aborrecimento, no final de tudo, a pessoa irá se arrepender pelas tristes palavras que entristeceu a nossa alma.

Algumas pessoas questionam que quem sonha alto acaba levando um tombo maior do que o esperado e acham que por conta disso devem desistir. Eu discordo. Sonhe demasiado, sonhe alto e não se preocupe com o tombo. Caiu? Levante e continue sonhando.

A vida é feita de escolha e experiência. Escolhemos quem realmente queremos ser e cada um é responsável pelo seu ato. Escolhemos experimentar e vivenciar novas oportunidades e sonhos para buscar um pouco de felicidade.
Postar um comentário