Mais um natal solitário



Já perdi a conta de quantos natais e réveillons eu passo sozinha, eu e os meus pensamentos. Acho que já faz quase dez anos que troquei a família por mim mesma, confesso que no principio eu chorava muito mas hoje aprendi a conviver comigo mesmo, sem ninguém. Não que a minha família não faça festa nessas datas comemorativas, ao contrário, fazem e ficam até altas horas enchendo a cara e jogando conversa fora. Mas, foi uma opção minha não querer me enturmar e ficar no meu cantinho, assistindo minhas séries favoritas, escutando música, lendo um bom livro ou dormindo e sonhando com as coisas que eu gostaria que tornasse realidade. 

Mas olha, não precisa se preocupar, eu me sinto bem assim, de vez em quando é bom está sozinha, está no silêncio onde não há tantos falatórios. A solidão não mata. 
Postar um comentário

Postagens mais visitadas