Adeus 2012 e bem-vindo 2013!


Meu primeito post no blog e mais um ano que se foi, mais um ano que desperdiçado por mim. Lembro que no começo de 2012 prometia para mim mesmo fazer aquilo que até então eu não tinha feito, e vejo que mais uma vez os meus planos foram por água baixo. Falar sobre as coisas boas que aconteceram na minha vida no ano de 2012, é realmente muito dificil. Talvez a unica coisa que aconteceu, foi que eu voltei à faculdade. Contudo nesses 365 dias mais uma vez eu me senti solitária.

Durante o ano que passou em nenhum momento do ano recebi uma ligação de algum amigo perguntando se eu estava bem ou me convidando para sair. Ao contrário, continuei trancada no quarto. Até o outubro, minha vida foi acordar ir para o trabalho, casa e depois faculdade, em seguida retornava para a casa, para o meu cantinho. O que me conforta é a internet, são os supostos "amigos virtuais" que eu tenho, que faz com me tire do tédio.



Na faculdade conheci bastante pessoas, mas até agora tenho dificuldade em me relacionar com as pessoas da minha turma, as vezes acho que eles fogem de mim, não querem a minha amizade, sinto que não gostaram de mim, a minha presença os incomoda. Não preciso que ninguém me conte, eu apenas observo a maneira como cada um olha para mim, como cada me trata.

Para piorar o ano, em outubro fui mandada embora, ou seja, fiquei desempregada. E começou a minha batalha para conseguir um emprego ou estágio na área que estou estudou e até agora não consegui nada. A única coisa que ganhei foram vários "Nãos" por não ter tanta habilidade e experiência como tem os meus concorrentes. Me sinto tão impotente, frágil perto das pessoas. Fico depressiva e mais frágil quando as pessoas cobram demais aquilo que você tem dificuldade de conseguir.

Neste novo ano que está surgindo, não quero fazer planos para mim, pois não quero terminar mais um ano com a sensação que a missão não foi cumprida, fará com que eu fique mais decepcionada com esse mundo e comigo mesmo. Deus conhece os meus planos e sabe dos meus desejos, vou deixar que ele me guie,se não for da vontade dEle,então eu realmente nasci para não ser feliz.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas